Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional FEFF > História da FEFF
Início do conteúdo da página

História da FEFF

Publicado: Quarta, 04 de Julho de 2018, 16h13 | Última atualização em Quinta, 11 de Outubro de 2018, 09h46 | Acessos: 964

 por Prof. Dr. Afonso Celso Brandão Nina

 

A atual Faculdade de Educação Física e Fisioterapia tem sua origem na Faculdade de Filosofia Ciências e Letras da Universidade do Amazonas, criada por decreto federal de 1969 e graduando a primeira turma de 25 professores em 1972. Em 1974 passa a se denominar Departamento de Educação Física, integrando o Instituto de Ciências Biológicas. Originalmente seu projeto de criação estabelecia a formação de Licenciados em Educação Física e a possibilidade de complementação de estudos em Técnica Desportiva.

 As mudanças contextuais do campo da Educação Física bem como a crescente qualificação de seu corpo docente possibilitou a reorganização administrativa em bases mais autônomas sendo criada em 1993 a Faculdade de Educação Física e em 2007 a Faculdade de Educação Física e Fisioterapia.

As habilitações profissionais oferecidas atualmente pela FEFF refletem sua trajetória ao longo do período de sua implantação, estruturação e consolidação. Refletindo a política nacional de educação física e desporto das décadas de 1970 e 80, as atividades desenvolveram-se no campo do esporte educacional tanto no ensino quanto na extensão universitária. O ensino do desporto na educação básica, o apoio aos jogos escolares, o desenvolvimento de equipes para o alto rendimento foram a tônica das ações desenvolvidas.

     

Na produção acadêmica são predominantes as investigações sobre didática do esporte, sistematização do treino, fisiologia e fisiologia do exercício. Em 1982 é oficializado o primeiro laboratório da FEFF desenvolvendo estudos da fisiologia do exercício (LEPEFE).

Ao longo dessas primeiras duas décadas também se destacam as atividades de extensão na capital e no interior do Estado, com foco na organização e execução de colônias de férias, capacitação de professores da rede estadual e municipal, escolinhas de esporte, etc.

A década de 1990 constitui um ponto de inflexão na história da unidade acadêmica. As proposições filosóficas e ideológicas estabelecidas pela Resolução N. 03/1987 CFE, levaram a adequações significativas nas estruturas curriculares e nas diretrizes de atuação da FEFF, assim ampliou-se o leque de intervenções tanto no ensino, como na pesquisa e extensão. Criaram-se se os programas voltados para a Terceira Idade e o de Pessoas com Necessidades Especiais,que além de pioneiros no Estado são referencia de excelência.

A formação multifacetada do quadro docente da FEFF possibilita atender integralmente o que determina a legislação em vigor, qual seja a formação ampliadacontemplando as dimensões da relação ser humano-sociedade, biológicas do corpo humano e a produção do conhecimento científico e tecnológico.  Ainda atenta com rigor para a Formação Específica, que abrange os conhecimentos identificadores da Educação Física, nas seguintes dimensões: a) Culturais do movimento humano b) Técnico-instrumental c) Didático-pedagógico.


Atualmente a Faculdade de Educação Física e Fisioterapia oferece quatro cursos de graduação sendo Licenciatura em Educação Física (Diurno e Noturno), Bacharelado em Educação Física - Treinamento Esportivo (Vespertino), Bacharelado em Educação Física - Promoção da Saúde e Lazer (Vespertino) e Bacharelado em Fisioterapia (Vespertino/Noturno). Além de cursos de pós-graduação (Lato Sensu e Stricto Sensu).

                                                 

 

 FONTE DAS FOTOS: ACERVO DA FEFF

 

 

 

Fim do conteúdo da página